23/10/2011

Não sei para onde vou

És tu quem pintas o meu caminho e eu confio em ti.
Não sei para onde vou
mas eu sinto que a única forma é avançar.

Sei que tudo irá correr bem.
Tenho pessoas que me querem ver sorrir.
Só tenho de lutar mais uma vez.
Cegamente apostar no tens para me dar.

A cada passo mostras-me quem tu és.
A cada vitória descubro o que tu fazes em mim.
E, no final, quando alcançar a meta
quero lembrar-me de olhar para trás
de dizer obrigada e de contar a todos
quem eu era e onde estive um dia.

3 comentários:

A Pris disse...

nem mais

babs disse...

Irmãos, quanto a mim, não julgo que o haja alcançado; mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão diante de mim,

Prossigo para o alvo, pelo prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.
Filipenses 3:13-14

Avançamos para Ele; avaçamos no Seu caminho, aceitando o que Ele tem para nós.

Amei o teu poema!!!!!

Um brasileiro disse...

ola. tudo blz? estive por aqui. legal. gostei. apareça por la. abraços.